VISITANTES

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Voltamos ser o único afoxé de São Paulo ?





         Duplamente lamentável,
1° O falecimento da Presidente do Afoxé Iya Ominibu
2 ° De sua suposta “extinção”.
         Durante anos Omo Dada foi o único Afoxé de São Paulo e criou-se o mito que nunaca mais teríamos outro, pois nós do Omo dada não deixaríamos que outro Afoxé se cria-se em São Paulo. Na verdade sempre tentei impulsionar o surgimento de outro afoxé mas não é tão fácil assim eu sei. Quando de nossa fundação em 1980 para minha surpresa dois outros Afoxes estavam se organizando em São Paulo, o Afoxé Costa do Marfim, liderado por Oga Paulinho e Filhos de Gandhi liderado pelo histórico Mercadoria, na ocasião mestre de harmonia da Rosas de Ouro.
           Resolvido, fui a luta. Documentação entregue e apesar das dificuldades conseguimos desfilar em 1981 pela primeira vêz na Av Tiradentes. Infelizmente nem Oga Paulinho nem Mercadoria lograram êxito, ficamos anos desfilando sozinhos até o surgimento do Ominibu, nessa época já na Liga. Mais uma vez surgem os mitos. Nós do Omo Dada não deixaríamos o Ominibu crescer. Nada disso, já no primeiro desfile nossa bateria foi desfilar no Ominibu já que não tiveram tempo de organizar a bateria e daí pra frente o Ominibu deslanchou sozinho sob a Presidência de Regina Celis.
         A parceria foi boa, o Ominibu um Afoxé meio bloco afro aja visto sua bateria composta de instrumentos de escola de samba com ritmo de bloco afro abria na sexta feira e o Omo Dada por sua tradição ortodoxa só desfila no Sábado.
          Na verdade foram anos de xumbo para nós do Omo Dada, marchas e contra marchas, processos e mais processos, até expulsos da Liga fomos, um ano ficamos sem verba, mas nada arrefeceu nosso animo. Brigamos e apesar de tudo conseguimos, muito embora durante 3 anos nossa verba tenha sido cortada em 60%, o que causou muitos problemas e ainda causa, mas com a nova diretoria estamos conseguindo vencer os problemas e no ano que vem retornaremos a normalidade.
         Apesar de tudo o Ominibu tornou-se nosso paradigma e em diversos momentos divergimos ou compactuamos. De certa forma tínhamos uma suposta harmonia quebrada por questões religiosas e jurídicas, mas convivíamos até este ano quando cai a bomba, “Regina Celis morreu” e os boatos começaram a grassar. O marido dela, Sr França extinguiu o Ominibu mas até ai nada se confirma. Ele em conversa telefônica comigo garantiu que o Ominibu estava extinto totalmente, ouvi e calei, na Liga nada se sabe oficialmente e no Anhembi o mesmo acontece, nada de oficial, pelo menos é o que fui informado.
         E agora José ?
Voltamos a ser o primeiro e único ou não ???


                                                Oga Gilberto de Esu
                                                     Presidente




Nenhum comentário:

Postar um comentário

seu comentário será lido e respondido devidamente